Melo D

Biografia

Nascido em Angola e criado em Portugal. Melo D despertou cêdo para a música. Das rimas criadas aos 13 anos de idade na Escola preparatoria da Amadora, aos discos, gravações e numerosos concertos que fazem parte da sua carreira.
As primeiras gravações datam do extinto programa musical Pop Off, na altura como rapper do projecto The New Decade e The Family com quem viria a gravar em 1993 dois temas na primeira compilação de hip-hop Português: Rapública.
Apartir de 1994 desenvolve trabalho como vocalista da banda Cool Hipnoise, com quem gravaria “Nascer do soul” em 1995, e o aclamado “Missão Groove” vencedor do melhor disco de música portuguesa nos extintos prémios Blitz 1997.
No ano 2000 Melo D deixa os Cool Hipnoise. Seguem-se 2 anos retirado da cena musical, para dedicar-se ao estudo de guitarra jazz.
Em 2003 a convite da editora independente Looprecordings, grava o primeiro disco a solo “Outro Universo”, contando com a preciosa colaboração do produtor D-Mars aka Rocky Marciano, com o qual recebe as melhores críticas e destaques na imprensa especializada, chegando a ser capa e eleito disco do ano pela revista Ípsilon do jornal Público.
Editado em 2005 “Chega de Saudade” uma produção conjunta com a editora Enchufada e produzida em parceria com little jon aka Branko, segue o mesmo percurso e sublinha mais uma vez um artista em crescimento como músico independente.
Entre 2006 a 2011, dois discos ficaram por terminar por coincidir com 2 bolsas de estudo em Barcelona. A primeira para estudar produção de música eletrónica na afamada escola de engenharia de som Sae Institute. A a segunda para Estagiar no estúdio do dj/produtor e seu professor Alex Brinken, com quem partilha o projecto J.A.M.
J.A.M é o projecto de música eletrónica que conta já com temas editados pela editora de Barcelona Novo Music e a sueca Kant Recordings com remisturas de Soul Minority, Himan, e do reputado Hakan Lidbo.
2014 é o ano em que Melo D termina o 6 month full time guitar course em Londres na London Music School, onde apesar da intenção de estudar guitarra, será no estudo de piano que ocupará grande parte do seu tempo.
2016 é marcado pelo regresso aos discos com “Sou(l) de Lisboa”. Disco editado pela Planobau. Neste disco acústico afirma a sua identidade Lisboeta, como se esta se tratasse de uma nova nacionalidade.
Partilha
Voltar